Blog de Viagens

A terra do U2 – final

A terra do U2 – final

September 13
15:37 2009

 

Chegamos à ultima parada da nossa viagem pela Irlanda, em busca de informações para quem quer fazer intercâmbio no país. A seguir, compartilho com vocês o relato da publicitária Carla Bacco, que passou uma temporada de estudos por lá.

Bom, falar da Irlanda, pra mim, mais especificamente sobre Dublin é fácil, pois ter passado um ano lá foi uma experiência maravilhosa, que deixou muitas histórias e um grande aprendizado.

Dublin (Baile Átha Cliath, em gaélico) é uma cidade que, apesar de ser a maior da Irlanda, com aproximadamente 500 mil habitantes na parte central e 1 milhão na região metropolitana,  possui um ar interiorano que a torna apaixonante. Sua arquitetura contribui muito para causar esta impressão, pois grande parte das construções segue o estilo georgiano.

Agora, especificamente sobre minha experiência de ter vivido em Dublin, uma das coisas que me chamou muita atenção logo que saí do aeroporto foram as casas, que na sua grande maioria são emendadas, e também o sentido das ruas, que é oposto ao nosso.  No começo é preciso ter muito cuidado, e apesar de ter em toda esquina escrito no chão, “look left” ou “look right”, na dúvida olhe sempre para os dois lados até se acostumar.

As primeiras semanas são para todos as mais difíceis, pois é preciso se acostumar com a língua, com a cultura e passar preocupado em arrumar um emprego logo, sem contar a saudade da família, e do namorado pra quem tem. No meu caso, deu tudo certo, pois em menos de duas semanas consegui meu primeiro emprego e um “bico” num pub charmosinho. Uma dica que dou para todos que vão para Dublin é ir sabendo um pouco de inglês, pois conheci vários brasileiros que tiveram muita dificuldade em arrumar emprego por causa disso. Além do que conseguir um emprego onde não precise falar acaba dificultando a aprendizagem. Fui pra lá sabendo um pouco, e quando cheguei, tive dificuldades em entender o Irish falando, pois o sotaque é bem carregado. No meu primeiro emprego, muitas vezes tinha que pedir para minha chefe falar mais devagar, pois era muito difícil de  entender.

Sobre a escola, eu não recomendo a Eden College, não sei como ela está agora, mas foi uma tremenda roubada, pois os alunos em sua maioria eram brasileiros ou de Bangladesh. Porém, em muitas outras escolas não era diferente, pois como a maioria delas tem representantes no Brasil, encontrar muitos brasileiros na sala de aula era normal. Sorte a minha que comprei um curso de 6 meses, e quando chegou a hora de renovar, não pensei duas vezes em procurar outra escola. Acabei indo pra The English Academy, que não tem representantes no Brasil, e que controla o número de alunos de cada nacionalidade. Lá sim, foi muito bom, pois a escola toda era muito diversificada, além de ter um ensino muito bom. Eu recomendo!

Sobre segurança, com toda certeza é melhor que aqui. Só o fato de saber que não há armas tranqüiliza bastante. O que preocupa em Dublin são os “nackers”, nome pelo qual são conhecidos os jovens de baixa renda, que andam sempre com calça de moleton e tênis branco. São adolescentes, que gostam de fazer baderna pelas ruas e de roubar pequenos estabelecimentos comerciais. Não costumam roubar dinheiro, mas sim coisas das prateleiras. Onde trabalhava frequentemente o segurança corria com eles da loja, e sempre era chato ter que atendê-los, pois eram muito mal educados, principalmente com estrangeiros.

Pra finalizar, ter ido pra Irlanda foi uma das melhores decisões que já tomei e que deixou muitas saudades. Quero muito poder voltar várias vezes.”

Obrigada pela colaboração, Carla. Com um relato tão completo como esse, é possível ter uma ótima ideia de como é a vida na terra do U2.

Nas próximas semanas, começaremos viagens por outros destinos preferidos dos intercambistas. Um abraço e até lá!

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Deixe um comentário! =)

Desculpas pelo transtorno

Estamos reformulando o site. Pedidos desculpas por eventuais problemas encontrados no site. Muito em breve o Blog de Viagens estará pronto mais uma vez.

Insira seu endereço eletrônico e receba nossa notícias no seu e-mail.

Join 70 other subscribers

Parceiros